20 de mai de 2009

Anjos Caídos - por Dário Monteiro


Hoje me encontrei perdido na solidão do meu pensamento, pensamento que levo cativo a outros tipos de pensamentos e solidões, pensamentos distantes de outros mundos, outras vidas, de pessoas que vivem sua solidão pessoal, introspectiva, sofredora e as vezes até desesperadora.
Leio tantas histórias malucas no rosto das pessoas: medos, desejos, dores, ouço choros.
Encontrei vidas inteiras em pedaços de papéis, dentro de mochilas, nas ruas, nas estações, trancadas em apartamentos, dentro de quartos bagunçados, expostas em roupas penduradas nos varais.
Talvez a vida seja um paraíso, mas as pessoas vivem como anjos tristes dentro deste paraíso, frustradas com suas asas cortadas.
Nesse paraíso, os arcanjos, querubins e serafins (os que detem o poder) são egoístas, individualistas, egocentricos e crueis. E nós, os pequenos anjos de asas cortadas, esperamos a chance de alcançar a misericórdia e o perdão pela nossa impaciência, fraqueza, ignorância e falta de oportunidade.

--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--X--

Sistema é tudo aquilo que te inibe, que te transforma no que você não é, tira sua liberdade de se expressar e pensar. Liberte-se!

Nenhum comentário: